27 dezembro 2008

Será que verei um gesto cordial?
No estender dos braços as estrelas tocarão
as pontas dos meus dedos. Seu perfume
tomará meu peito e me fará manso, doméstico.
Converter-me-ei aos seus caminhos enquanto
a sorte me permitir estar em sua casa.
Ainda me faltam horas,
as lonjuras amarram laços frouxos
que se apertam a cada quilômetro.

Sigo dominado pela frágil luz da tarde.
Ouço “Your latest trick”.

14 comentários:

Tatiana disse...

Hoje estou passando pra uma visita rápida
No blog das pessoas que sou seguidora...
Não poderia deixar de vir aqui e lhe dizer:
Que você consiga docemente
Viver, sentir e amar...
Que seja sempre todo coração,
inundado de um amor transparente,
apesar de todo o risco que isso possa significar!
Receba meu abraço carinhoso!
Beijos

Artista Maldito disse...

Olá Dauri

Nesta época andamos todos de fugida e o frio é tanto que decidi hibernar. Mas vim ler os seus poemas e deixar-lhe um beijinho com os votos de continuação de boas festas, seguindo o rumo das estrelas,

Isabel

Ariane disse...

Achei linda a metáfora do título! Na minha leitura penso que pode ser a distância física que diminui e, simultaneamente, o afeto que se consolida apesar da distância do espaço e do tempo... Abraço!

Márcio Ahimsa disse...

...é bom seguir, assim, determinado, por essas lonjuras, longe da injúrias, que nos acometemos por medo da sorte, para medirmos mais de perto o porto longo por onde aportamos nossos anseios e esquecemos nossa ausência... é essa frágil luz da tarde derramando horizontes que nos faz tão gigantes...

Um pequeno grande poema.

Abraços, boas festas, muita paz saúde e sorte.

Anônimo disse...

Não sei explicar, mas ficou interessante pra mim ler o já ouvido.

Opuntia disse...

Gostei muito do poema.

L.C. Logan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
John Doe disse...

Sempre viajo nas suas palavras, é como ler algo e entender diferente a cada leitura refeita, gosto do brincar com as palavras faz perecer que são amigos bem intimos, ainda procuro esta intimidade com elas.

lyani disse...

Simplesmente amo Dire Strait, e pra mim essa música deles é ótima!
Bem, vim desejar um MARAVILHOSO 2009 cheio de muitas palavras lindas e suas...
:)
bjos

FRANCYELLE FERNANDES disse...

Adorei seu post e tambem o seu significado,realmente a lonjura machuca mas o melhor é nunca desistir.Feliz 2009

tossan disse...

O poema lindíssimo de Dauri com fundo musical de Mark Knopfler vou apertar os laços frouxos. Abraços

Artista Maldito disse...

Olá Dauri

Deixei-lhe uma prendinha no artista maldito, o prémio Dardos, se o quiser aceitar.

beijinho
Isabel

Vieira Calado disse...

Venho desejar-lhe um

BOM ANO de 2009.

Um forte abraço

Vivian disse...

...Dauri meu lindo poeta
enigmático,

Deus lhe dá todos os dias,
86.400 segundos.
Quantos destes segundos diários
você usa para fazer alguém
feliz?

Pense...

Bjus