02 outubro 2008

Quando a alegria vem

A vida era um corredor ainda a pouco, escuro,
- talvez ainda seja - e agora se ilumina para várias saídas.
Tudo o que há, há de ser bom daqui pra frente,
e invadirá minha casa, meninos em algazarra.
Temo não saber lidar com a alegria, e espantar as crianças
como quem espanta borboletas frenéticas
do entorno da lâmpada. De nada adiantará,
preciso acolher o que é meu,
quando a alegria vem, vem mesmo,
ainda que passe, ventania sem chuva.

10 comentários:

Jo disse...

Ainda que passe
posso?

Vem
Vem
Ventania!




Dauri, beijo viu?!

Plinio Uhl disse...

há quem espera chuva e reclama que só há ventania.
eu? prefiro não esperar a alegria.

certeiro, como sempre.

victor disse...

Espírito Santo de tão belas paisagens e também de bons escrtores. Vitória, Vila Velha... Saudades. Um grande abraço e sucesso.

alua.estrelas disse...

É verdade... Quando a alegria vem, não precisa de mais nada. E nada é mais forte que ela.
Muito incentivador, estimulante...

Bjos e ótimo final de semana!!!

Artista Maldito disse...

Olá essapalavra

Que da ventania, ainda que sem chuva
a palavra, essa que entontece,
seja sempre, ou, por breves momentos
aquilo que mexe e traz de volta
A VIDA
Esse longo corredor sem entrada
Nem saída será um instante, um distante
Caminho percorrido
Um tempo de espera para a alegria
Temida
Acolhida,enfim, nos braços abertos
Do poeta.
Um poeta é uma criança que caminha,
Sem medo da descoberta.
Um abraço
Isabel

tossan disse...

Lógico que vem, logo. Que espaço incrível! Quantas letrinhas que vc juntou neste trabalho ótimo que agora mesmo degustarei. Abraço

KÁTIA CORRÊA DE CARLI disse...

Me dá um pouquinho? Dessa alegria...
Ando sumida. Eu sei... falta hora no meu dia.
Às vezes venho, leio, não dá tempo de comentar...
Estou de casa nova, apareça quando puder (sem cobranças! rs)
beijo

Opuntia disse...

Lindo texto!
Lidar com a alegria é um aprendizado diário e necessário.

Obrigada por suas belas palavras.

Bjo

mundo azul disse...

Que bom, meu amigo! Fico feliz pela alegria chegada!

Suas palavras estão repletas de emoção... O novo às vezes nos assusta, mas, precisamos sempre experimenta-lo... A vida precisa sempre e sempre de renovação!

Beijos de luz e o meu carinho...

lyani disse...

Lindo, lindo demais mesmo!
Ah, pq agente espanta as crianças como espanta as borboletas?
Pq agente joga a alegria pela janela?
Pq temos tanto medo de ser feliz?
bjossss