09 setembro 2009

sadagluvid maroF
ad snegami
,atelobrob alubéN
oãhlibrut mu
,ság ed
elbbuH olep satief
.soraper sod sioped
Porque, se foram capazes
de conhecer tanto,
a ponto de pesquisar o universo,
como não encontraram mais depressa
o amor?
adnubmirom alertse amU
áste
ortnec on
.oãhlibrut od

13 comentários:

Dauri Batisti disse...

Frase inspirada em sabedoria 13,9

Eurico disse...

O que vc chama de frase, eu chamo de aforismo, de vaticínio, de clamor das pedras, aquelas que clamariam um dia... Já não há mais tempo, ou melhor, o tempo de dizer o amai-vos!
Fraternalmente, amai-vos!
MAS, como é difícil...

Valéria C. disse...

porque o amor é uma estrela que mora dentro...
um abraço

clarice ge disse...

porque o amor deve "ser, estar, ter e haver"...

Fabiano Mayrink disse...

Vejo fotos de Vitoria em seu blog, vc é dela?

Ricardo Valente disse...

original... gostei!
abraço!

marjoriebier disse...

As minhas estrelas trôpegas tb!

Tua visita foi uma grata surpresa!

ojieb ueM!

Fabiano Mayrink disse...

a sim, acho linda esta cidade, a terceira ponte é magnifica, camburi é linda!

Talita Prates disse...

Primeiramente, quero agradecer a visita e tuas palavras gentis lá no blog.
Teu espaço é muito especial, parabéns! Quero voltar mais vezes.

Um abraço! :)

Livinha disse...

Inigmático teus poemas, talvez porque persigas a razão dos misterios que nos envolve nesta vida... e com tudo isto sim, viva o Amor Dauri!

Obrigada pelo carinho deixado em meu recanto... Volte sempre!

Bjss

paula barros disse...

Dauri, você comenta e deixa reticência fico querendo saber o que pensavas. rsrsr Reticências me prendem, até já escrevi sobre isso.

Concordo, são tantas tecnologias e descobertas, e ainda não descobrimos o verdadeiro amor. Esse amor que não sei explicar, mas sei que deveria existir.

Conhecer blogueiros é bom demais, o carinho do virtual é real, é diferente de outras pessoas que conhecemos por aí.

beijo

Mariana Tatos disse...

O amor não se encontra...se sente
enfim

Paulo Tamburro disse...

Batisti, acredito que sejamos da mesma descendência: a italiana.

Agradeço, realmente sua vista ao meus blogs e achei isto aqui, muito bom.

lògico, que nossos estilos são diferentes e graças a Deus, não é Batisti?

Já pensou se tudo fosse cinza?(rsrs).

Realmente pretendo, vir sempre aqui e aprendrer com você.

Serei seu seguidor.

Um abração carioca!