28 outubro 2008

Um fio de esmeralda


Existe um planeta sem sol, bonito,
bom de morar, mas precisa de luz.
Vou arrecadar fundos
para mandar fabricar um fio, longo, longo
que ligue este mundo
com aquela beleza escondida.
Um fio de esmeralda.
Vou montar uma usina na bica da quina,
na esquina da casa do mar.
Quando vier qualquer chuva
e a água cair pela bica
a usina vai começar a funcionar.
Depois, quando o vento passar,
vindo do sopro na vela do barco,
do toque na asa da gaivota
e atravessar olhares na janela,
produzirá abundante energia.
Quando a maré subir e descer
dela também vou pegar essa dança
de sentimentos, maresia e saudades
que faz a luz aparecer das coisas.
Depois vou mandar para lá, para longe
pelo fio que se tece de esmeraldas.
(quase disse que se tece de esperança. Titubeio).

Se pensei esse sonho
ou delirei esse pensamento, não sei.
(Terá sido um novo movimento de amor
em velhas e fundas sombras?)

11 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Ou sonho ou pensamento não sei,mas suas palavras tem sentimentos.

Bom dia amigo,tem post novo lá.

beijooo.

Luiz Caio disse...

Olá Dauri! Bom dia!
Éh caro amigo! Do jeito que vai indo o nosso velho mundo, só mesmo encontrando um mundo novo!... Mas também de que adiantaria mudar o planeta, sem antes haver mudado as pessoas!?

OBRIGADO PELA VISITA AO DENTRO DA MINHA CABEÇA, E PELO GENTIL COMENTÁRIO! VOLTE SEMPRE QUE DESEJAR! SERÁ MUITO BEM VINDO.

João da Silva disse...

Delícia isso aqui, Dauri! Você me fez lembrar as cidades invisíveis, de Calvino.
Um grande abraço, prezado!

alua.estrelas disse...

Entre sonhos, pensamentos e delírios, a verdade é uma só: Os sentimentos são lindos!!!

Bjos.

Tatiana disse...

Acho sinceramente que não só pensou, como sentiu e vive o amor!
Muito bom estar aqui!
Abraço carinhoso

Jacinta Dantas disse...

Nossa, Dauri, essa energia, que advém de tantos condutores e passa pelo fio de esmeralda...
Parece amor em rede! e o movimento, parece contagiar a todos que quiserem.
Beijo

PS: estou adorando o que vc chama de poeminhas sobre o amor

Gilbamar disse...

O essencial esmiuçado em palavras, a vida exposta com a experiência de quem parece ter assistido a um longo filme verdade sobre ela.

Abraços.

Artista Maldito disse...

Carissimo Dauri

Um fio tecido de esmeraldas, um fio longo, um delírio, um amor sonhado na teia da luz---na projecção da sombra.
Que essa luz se espalhe e faça o seu trajecto, trazendo de retorno a visibilidade palpável de um amor real.

Um beijinho
Isabel

Cadinho RoCo disse...

No amor existem movimentos muito sutis.
Cadinho RoCo

lyani disse...

Dauri, como você faz isso?
Que lindo!
Que lindo mesmo... esse, especialmente bonito!
Amei!
Bjos

Pelos caminhos da vida. disse...

Bom dia!

Passei por aqui.

beijooo.