16 maio 2008

Foto de Adolfo Neto
Vitória

Porto.
Minha cidade é um porto.
Parte-se,
chega-se,
além das coisas que vão
e que vem nos porões.
Os navios,
tão lindos no porto,
nem parecem ter porões.
Parecem prenhes de poesias,
grandões,
prontos para dar a luz.

14 comentários:

Jacinta disse...

Nossa Dauri,
brilhante idéia a sua em traduzir um pouquinho de Vitória nesse seu lindo poema.
Beijos

Mike disse...

Porto...
Onde fica esse porto seguro q cada vez mais se afasta de mim, e do qual tb eu cada vez mais me afasto?

A foto é de Vitória?
Poxa, fiquei encantado!!!

Andréa Motta disse...

Muito obrigada por ter participado da blogagem e por tão belo texto sobre Vitória! Um abraço!

Renata Cordeiro disse...

Lindo e singelo o Post, bem como o Blog.
Passe no meu: wwwrenatacordeiro.blogspot.com/
não há ponto depois de www
Um abraço,
Renata

Beto Mathos disse...

"Cidade sol com o céu sempre azul."
Lindo!

eder ribeiro disse...

dauri que tradução poéticamente bela da tua cidade. adorei. abçs.

Renata Cordeiro disse...

Gosta e faz poemas e, além do mais, é do Porto! Adorei! Venho visitá-lo sempre.
Visite meu blog:
wwwrenatacordeiro.blospot.com/
Não há ponto depois de www
Beijos,
Renata Cordeiro

Adriano Caroso disse...

Mais uma vez volto a dizer. Você é um grande poeta. É muito bom vir aqui. Passa no meu blog. Tem um presente pra você! Abraços!

F. S. Júnior disse...

deve ser legal esta coisa do ir e vir destas cidades... cidades de passagem... cidades-verão...

Oliver Pickwick disse...

Reinventaste o porto, tornando-o uma versão muito melhor.
Destaco, também, a bonita fotografia.
Um abraço!

Martha Barbosa disse...

...Prontos para dar a luz.
Que poesia linda, executada com maestria, adoro vir aqui,minha alma agradeçe. Um Beijo

Wilson Guanais disse...

agradeço a visita, volte sempre. volte sempre. abraço

Crítica e denúncia disse...

Foi uma maravilhosa idéia esta blogagem coletiva, pena que cheguei tarde. Estou percorrendo o sblogs participantes e aqui conheci Vitória que ainda não tive o prazer de visitar e o farei com certeza.
Para quem mora no exterior, ver um pedaço do meu país assim retratado na tua poesia foi muito emocionante.
Grande abraço.
Alda

mundo azul disse...

Gostei do seu poema! Parabéns!
Beijos e muita luz...