13 janeiro 2008

Pardais, bem-te-vis, ...

Lançam-se em janeiro os atribulados pardais
que chegaram de um longo sumiço
perseguidos pelos bem-te-vis
– quem diria – predadores,
e se arremessam em agressiva mansidão,
chilreando, insanos, sobre migalhas de pão.
Lanço-me – os pés estão sobre as pontas,
com meus acanhamentos ásperos
e meus desesperos encobertos –
sobre os dias, sobre o sol, sobre cada fêmea de raio;
macho sob o império das glândulas,
não suportando os segundos no farol vermelho,
desejando a vigésima quinta hora do dia,
afoito, precipitado, predador,
a querer viver cada minuto,
como quem toma a branca hóstia
– onde se condensam todos os fulgores –
para jogar por dentro a claridade
em paragens e grotas onde a displicência,
no tempo dos mediterrâneos óleos de abastança,
impediu que pelas ruas se pendurassem lâmpadas.
É janeiro, e as cinzas chegam cedo.

12 comentários:

Flavia disse...

É janeiro!
Tempo de muita chuva e sol...
E muita cantoria de pássaro anunciando dias lindos... eles gritam ao longe: "bem te vi... bem te vi!"

E o dia nem consegue mais se esconder e vem ao nosso encontro!

F. S. Júnior disse...

hoje acordei com um agitar de asas de pardais que invadiram o meu quarto... literalmente...

Beto Matos disse...

"É janeiro, e as cinzas chegam cedo."
Pena, que pena...
Lindo isso, meu amigo.

Jacinta disse...

E não é que agora, nesse exato momento, tem um bem-te-vi
cantarolando.
Um beijo
Jacinta

Anônimo disse...

jeito bonito de falar da rapidez com que o tempo passa para a vida.

Jorge Elias disse...

Gostei muito!
Sou mais o bem-te-vi (pássaro) que conhece melhor dos janeiros de nossa terra!

Um abraço,

JEN

Jorge Elias disse...

Gostei muito!
Sou mais o bem-te-vi (pássaro) que conhece melhor dos janeiros de nossa terra!

Um abraço,

JEN

Dauri Batisti disse...

Escrevi esse texto a partir do conhecimento de que o carnaval, este ano, se daria bem cedo; logo as cinzas também. Ao mesmo tempo tomei janeiro como sinônimo de começo e cinzas de fim e a vida entre eles.

John Doe disse...

não gosto do que os dias trazem em janeiro...

... disse...

maravilhoso o prazer da liberdade dos pardais e bem-te-vis....falou e disse tudo.....




gostei de ver seu blog, ta bombando.......muito bom isso!


um abraçao DR!


Silvio Locatelli

Irmã disse...

Lendo sua página descobri porque gosto de poemas.Leio-me neles, reconheço-me,sinto-me.
Como é bom sentir a claridade jorrar por dentro!

Mai disse...

Intenso!

Em janeiro, bem-te-vis, e pardais...